Pesquisar neste blogue

Arquivo do blog Vale dos Duros - O ENDURO em Vale de Cambra

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Começa já amanhã o Europeu das Nações em Ourém!


O Enduro de Ourém será uma prova tipo “três em um”: a última dos Campeonatos Nacional e “Europeu” individual, mas também o Europeu das Nações. Desde sexta-feira até Domingo, travam-se as batalhas finais para conhecer os campeões dos trilhos.


No que diz respeito à competição colectiva, que constitui o Campeonato da Europa por países, Portugal alinha selecções sénior e júnior, qualquer delas composta por quatro elementos – no caso dos juniores, integra os mesmos quatros pilotos que recentemente disputaram os ISDE.

No “Europeu” individual, Diogo Ventura está bem lançado para se sagrar campeão na classe E2/3 Júnior, que lidera destacado após três jornadas, com 23 pontos sobre o 2.º classificado.

Por sua vez, Luís Oliveira ocupa o 2.º posto na classe Sénior E1, a 20 pontos do comandante, o italiano Maurizio Micheluz. E como em Ourém serão três os dias pontuáveis, tudo pode ainda acontecer.

E finalmente o Campeonato Nacional, que tem aqui a sua sétima e última jornada, sendo a única com dois dias pontuáveis, na Sexta-feira e no Sábado.

Os actuais campeões Elite surgem muito bem colocados para revalidar os títulos. Na classe 1, Luís Oliveira só precisa de um 3.º e um 4.º lugares em Ourém para liquidar as últimas pretensões de Gonçalo Reis; na classe 2, e também entre outras possibilidades, a Diogo Ventura basta um 6.º e um 7.º lugares para chegar à coroa, sendo Mário Patrão o outro piloto ainda com algumas hipóteses aritméticas.

Na categoria Open, também Adelino Sousa (classe 1) e Fernando Ferreira (classe 2) reúnem favoritismo, face à vantagem pontual actualmente detida sobre os perseguidores imediatos.

Além de tudo isto, e essencialmente a pensar nos pilotos Verdes e Veteranos que queiram disputar esta prova internacional, a organização criou a classe Open 3, para todos os possuidores de licença desportiva, e que não pontua para o “Nacional” ou “Europeu”.

A abertura do evento acontece na Quinta-feira, pelas 18 horas, com um desfile de participantes por países, frente ao edifício dos Paços do Concelho de Ourém. Nos três dias de prova os concorrentes começam a partir às 9h – na Sexta-feira e no Sábado para enfrentarem quatro voltas a um percurso de 50 Km, enquanto no Domingo terá lugar o Motocross final em linha.

Quanto a troços especiais, o “Enduro Test” (com 4 Km) e “Cross Test (3,5 Km), situam-se no Carregal, perto de Ourém na direcção de Torres Novas, em zona florestal. Já a “Extreme” (1 Km) será traçada em Alburitel. Finalmente, a “especial” de Motocross no Domingo situa-se na Lameirinha. O Centro de Negócios de Ourém acolhe o secretariado, “paddock”, e será local de partidas e chegadas desta prova, organizada pelo Natureza Acção.

Voltando ao “Europeu” das Nações, a selecção nacional sénior será constituída por Mário Patrão, Fernando Ferreira, João Ribeiro e Fábio Pereira, pilotos com experiências diversificadas no motociclismo desportivo e todos muito traquejados no Enduro. Quanto à equipa júnior, voltam à carga os mesmos quatro elementos que fizeram equipa nos ISDE, ou seja, Luís Oliveira, Diogo Ventura, Jorge Leite e José Manuel Borges.

Selecção Sénior

Selecção Júnior


Enviar um comentário